Álvaro e Saymon vencem etapa de Maceió do Circuito Brasileiro

Álvaro e Saymon vencem etapa de Maceió do Circuito Brasileiro

258
0
COMPARTILHAR
Créditos: Daniel Zappe/MPIX/CBV

 

Com o resultado, Álvaro e Saymon somam agora três ouros, três pratas e um bronze nas sete etapas da temporada 2016/2017

Álvaro Filho e Saymon superaram um calor superior aos 40ºC na Praia de Pajuçara neste domingo para derrotar Evandro e André Stein. Na decisão da sétima etapa do Circuito Brasileiro, em Macéio, a dupla venceu de virada por 2 sets a 1, parciais de 19/21, 21/16 e 15/6, em 1h05 de duração. Foi uma reedição da disputa pelo ouro na semana passada na primeira etapa de 2017 do Circuito Mundial: o Major Series de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, quando Alvinho e Saymon levaram a melhor.

Com o resultado, Álvaro e Saymon somam agora três ouros, três pratas e um bronze nas sete etapas da temporada 2016/2017 do Circuito Brasileiro. Não ficaram de fora do pódio em nenhum torneio. O próximo compromisso dos times é na etapa de Aracaju do tour nacional, que será realizada de 17 a 19 de março.

Após o título, o paraibano Alvinho fez questão de elogiar o nível técnico do tour nacional e a dupla adversária Evandro/André Stein, que em apenas três torneios, alcançou duas vezes uma final.

“Foi um jogo muito duro, decidido apenas no tie-break. O time deles tem evoluído bastante, mesmo sendo uma dupla nova. Um time com um sacador excepcional, dois atletas altos, bons bloqueadores. É um exemplo de que o Brasil está bem representado por todas as equipes, a força do nosso circuito é a semente disso”, destacou Alvinho.

Álvaro Filho e Saymon se mantêm na liderança do ranking geral da temporada, agora com 2.600 pontos. Evandro e André, que estão apenas na segunda etapa nacional juntos, somam 560 pontos após a prata. Alison e Bruno Schmidt aparecem no segundo lugar – 1.880 pontos – do ranking geral, que soma o desempenho das duplas em cada uma das etapas.

Na disputa da medalha de bronze, Oscar e Hevalo superaram Pedro Solberg e Guto por 2 sets a 1, parciais de 21/19, 16/21, 15/12. Eles somam 320 pontos no ranking geral.

O Jogo

Sob um sol escaldante, os times começaram com muito equilíbrio, trocando pequenas vantagens de um ponto no placar. Após a parada técnica, Alvinho e Saymon chegaram a abrir dois pontos, mas Evandro conseguiu uma boa sequência de saques e virou o placar para 18 a 16, forçando pedido de tempo do técnico Ernesto Vogado, do CT Cangaço. Não adiantou, e Evandro/André fechou o primeiro set por 21 a 19.

Álvaro e Saymon começaram melhor no segundo set, abrindo 3 a 1 no placar. A vantagem foi sendo mantida, com boa regularidade do sul-mato-grossense e do paraibano na virada de bola. Com dificuldades na recepção de André, Ednilson Costa pediu tempo com desvantagem de 9 a 5 no placar. Embalados, Álvaro e Saymon não deram chances e abriram larga diferença no marcador, fechando por 21 a 16 e levando o jogo para o tie-break.

O set de desempate começou como o segundo havia terminado, vantagem de Álvaro e Saymon, com Ednilson Costa pedindo tempo após três pontos diretos dos adversários. Não funcionou, e a vantagem chegou a 8 a 0 para Alvinho/Saymon. Exaustos e desconcentrados, o carioca e o capixaba viram a vitória ficar distante após outro erro na virada de bola: 11 a 0. Apenas mantendo a virada, os atuais líderes do ranking fecharam o duelo por 15 a 6.

Da Redação com Assessoria

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA