Belo vence o Sampaio Corrêa e escapa do rebaixamento na Série C

Belo vence o Sampaio Corrêa e escapa do rebaixamento na Série C

343
0
COMPARTILHAR

Sampaio Corrêa e Botafogo-PB fizeram um jogo emocionante na noite deste sábado, no Castelão, em São Luís. E a carga emotiva, indiscutivelmente, foi mais pesada em cima do time paraibano. O Tricolor maranhense entrou em campo já classificado, buscando apenas a manutenção da liderança do Grupo A.

Já os paraibanos precisavam vencer para evitarem o rebaixamento à Série D e, além disso, dependiam de um tropeço do Moto Club contra o Fortaleza. O Belo venceu por 3 a 2, de virada. E ainda viu o Moto perder por 1 a 0. Foi o suficiente para evitar a queda. Para o Sampaio, a festa pela primeira colocação foi reforçada com o rebaixamento do arquirrival Moto.

E o Tricolor agora segue para o mata-mata que vale o acesso à Série B de 2018. Foi, portanto, uma noite boa para os dois lados no Castelão.

PRIMEIRO TEMPO

Tendo a vitória como única meta na partida, o Botafogo-PB começou a partida no Castelão buscando o ataque. Queria o gol. Mas do que isso, precisava do gol. E criou as primeiras chances de marcar. Rafael Oliveira e Dico tentaram. Mas foi Marlon, pelo Sampaio, que chegou mais perto de marcar, após receber passe de Esquerdinha. No entanto, o Belo seguia tendo mais posse de bola.

Até que, na segunda metade do primeiro tempo, o jogo esquentou de vez.

Lito tentou, Dico insistiu. Nada dava certo para o time paraibano. E piorou quando, aos 34 minutos, o Sampaio puxou um contra-ataque mortal. Marlon lançou Isac pelo lado direito. O atacante tricolor tocou na saída de Edson e colocou o time da casa à frente no placar. Oito minutos mais tarde, Dico foi derrubado por Maracás na área. Pênalti. Rafael Oliveira foi para a cobrança, bateu bem e convertou. Empatou aos 43. Antes do intervalo, ainda houve tempo para Marlon perder uma excelente chance para o Sampaio e de Dico desperdiçar uma chance de virar o jogo.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou com o Sampaio melhor. O Botafogo-PB parecia acuado. Mas esse cenário mudou aos 14, Rafael Oliveira, de novo ele, aproveitou cruzamento de Dico e mandou para as redes. Era a virada do Belo. O resultado de que o time precisava para escapar da queda, já que o Moto Club seguia tropeçando contra o Fortaleza. E bastaram apenas mais dois minutos para que Dico avançasse com a bola dominada e tocasse com estilo na saída de Alex Alves, para estufar as redes e fazer o terceiro.

Mas as emoções estavam longe de acabar. Em Fortaleza, o Leão do Pici fez 1 a 0 sobre o Moto Club. Já em São Luís, o jogo ficou meio truncado, com o Botafogo-PB trocando passes, tentando segurar o placar que lhe mantinha na Série C. Mas aos 33, Isac aproveitou cobrança de falta na área do Belo e, de cabeça, diminuiu a vantagem do time paraibano e deixou tudo ainda mais dramático. Mas o Botafogo-PB se segurou até o fim e, com a confirmação da derrota do Moto Club, o time paraibano escapou da queda.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA