Botafogo-SP E River-PI faz final do Brasileiro da Série D

Botafogo-SP E River-PI faz final do Brasileiro da Série D

405
0
COMPARTILHAR
Créditos: Elziney Santos

O caminho para chegar à final do Campeonato Brasileiro da Série D foi longo, mas o River-PI alcançou o feito e também o objetivo de se classificar para a Série C de 2016.

Na primeira fase, etapa de grupos, foram oito confrontos. A equipe piauiense terminou em primeiro lugar do Grupo A2, invicta com 16 pontos: quatro vitórias e quatro empates. Foram oito gols marcados e apenas três sofridos.

Depois da fase de grupos, começou o mata-mata e aí a história parecia se complicar para o River. Na partida de ida das oitavas de final, contra o Estanciano-SE, em Estância (SE), o time do Piauí perdeu por 2 a 1. Mas, em casa, em Teresina, a equipe se recuperou e eliminou o clube sergipano com uma vitória de 3 a 0.

Nas quartas, o adversário foi o Lajeadense-RS. No confronto de ida, em Teresina, o River venceu por 3 a 0 e levou uma boa vantagem para a decisão em Lajeado (RS). Fora de casa, a partida terminou empatada em 1 a 1.

As semifinais entre River e Ypiranga-RS foram emocionantes. O time piauiense fez, mais uma vez, a primeira partida em casa e venceu por 2 a 0. Em Erechin (RS), o resultado se repetiu, o que levou a decisão aos pênaltis. O placar ficou 5 a 4 para os visitantes e classificação para a final da Série D.

Na final, o adversário será o Botafogo-SP, que eliminou o Remo-PA. A tabela detalha dos jogos da decisão será divulgada em breve pela Diretoria de Competições da CBF.

O Botafogo-SP não se acovardou e segurou o Remo com autoridade neste domingo (1), pela semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro. Como venceu por 1 a 0 na ida, o empate 0 a 0 no Mangueirão, em Belém (PA), foi suficiente para levar o time de Ribeirão Preto à decisão.

Diante do Mangueirão lotado, o Remo queria mudar a história da semifinal. Por isso, impôs seu ritmo no jogo e, nos primeiros minutos, mandou uma bola na trave e outra passou raspando. Só que aos poucos o Botafogo-SP foi melhorando e o Remo tendo dificuldades para criar as jogadas, apesar de ter a posse de bola.

No segundo tempo, isso ficou muito mais evidente, até porque o Botafogo-SP começou a levar perigo nos contra-ataques. Em um deles, Francis invadiu a área livre, mas Fernando Henrique fez grande defesa. O Remo ainda pressionou nos últimos minutos, abusou dos chuverinhos, mas a defesa adversária não deixou passar nada.

Na final da Série D o Botafogo-SP encara o River-PI, que eliminou o Ypiranga-RS nos pênaltis.

CBF

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA