Comissão coordenada pelo MPPB decide pela suspensão de partida da primeira rodada...

Comissão coordenada pelo MPPB decide pela suspensão de partida da primeira rodada do Campeonato Paraibano de Futebol 2016

387
0
COMPARTILHAR

A partida entre Santa Cruz (Santa Rita) e Treze (Campina Grande), que estava prevista para as 19h deste sábado (30), no Estádio José Américo de Almeida Filho, o ‘Almeidão’, em João Pessoa, fazendo parte da primeira rodada do Campeonato Paraibano de Futebol 2016, foi adiada para uma nova data ainda a ser definida pelos clubes e a Federação Paraibana de Futebol (FPF).

A decisão seguiu determinação da Comissão de Prevenção e Combate da Violência nos Estádios da Paraíba, durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira (29), na Sala de Sessões do Ministério Público da Paraíba (MPPB), na capital paraibana. A Comissão é coordenada pelo MPPB, tendo à frente o 2º-subprocurador-geral de Justiça, Valberto Cosme de Lira.

O jogo entre Santa Cruz e Treze faria parte da rodada dupla prevista para o ‘Almeidão’ neste sábado. Já a primeira partida dessa rodada dupla, programada para ter início às 16h entre Auto Esporte (João Pessoa) e Atlético (Cajazeiras), está mantida. O pedido de adiamento do segundo jogo partiu da Polícia Militar, alegando impossibilidade de garantir segurança, já que boa parte do contingente da PM estará à disposição dos blocos do Folia de Rua, que desfilam em vários pontos de João Pessoa nas prévia carnavalescas, iniciadas nesta sexta-feira (29).

A reunião da Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios contou com a presença dos dirigentes da FPF, de representantes dos clubes de futebol, da Polícia Militar e da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer do governo da Paraíba.

Na reunião também ficou confirmado, até o momento, a liberação de apenas quatro praças esportivas para as disputas do Campeonato Paraibano 2016: o ‘Almeidão’, em João Pessoa; o Estádio Governador Ernani Sátyro, o ‘Amigão’, em Campina Grande; o Estádio José Cavalcanti, em Patos; e o Estádio Perpétuo Corrêa Lima, o ‘Perpetão’, em Cajazeiras. Todos tiveram aprovados os laudos de engenharia e dos órgãos de segurança apresentados.

Continuam pendentes, sem aprovação dos laudos, o Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande; o Estádio Antônio Mariz, o ‘Marizão’, em Sousa; e o Estádio Virgílio Veloso Borges, o ‘Teixeirão’, em Santa Rita. Outros dois equipamentos de João Pessoa – o Estádio Leonardo Vinagre da Silveira, o ‘Estádio da Graça’, no Bairro de Cruz das Armas; e o Estádio Ivan Tomás, no Bairro do Valentina Figueiredo – ainda não passaram por vistorias.

MPPB

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA