Cruzeiro-MG vence Campinense pela Copa do Brasil

Cruzeiro-MG vence Campinense pela Copa do Brasil

449
0
COMPARTILHAR
Foto Washington Alves/Light Press

Na centésima partida do Cruzeiro no novo Mineirão, a equipe estrelada venceu o Campinense e avançou à segunda fase da Copa do Brasil. A vitória por 3 a 2 da Raposa aconteceu depois de uma partida muito disputada. Os gols do esquadrão celeste foram marcados por Allano na primeira etapa e Arrascaeta, de falta e Willian no segundo tempo. Adalgiso Pitbull marcou duas vezes para o Campinense.

Com o resultado, a Raposa, Tetracampeã do torneio, enfrenta o Londrina, na próxima terça-feira, no Estádio do Café, em Londrina-PR. Se vencer por dois gols de diferença, o Maior de Minas evitará a partida de volta e se classifica para a terceira fase da competição nacional.

O jogo

A Raposa começou o jogo pressionando o adversário no campo de defesa. O primeiro lance de perigo aconteceu aos 10 minutos. Arrascaeta fez boa jogada individual, ganhou na raça do zagueiro e bateu por cima do gol.

Três minutos depois, excelente jogada de Allano pela esquerda, o atacante cruzou, Henrique devolveu para área e a bola passou por Arrascaeta. Boa chance desperdiçada.

Aos 17 minutos saiu o gol do Maior de Minas. Excelente tabela entre Lucas e Elber, o lateral saiu pela direita e cruzou na cabeça de Allano, que dentro da pequena área, testou no lado direito do gol defendido por Gledson. 1 a 0 para o Tetracampeão.

O Cruzeiro controlava a partida e saia sempre com perigo para o ataque, Aos 26 minutos, depois do escanteio cobrado por Willian, Bruno Rodrigo, na marca do pênalti, cabeceou com perigo por cima do gol do time paraibano.

A equipe do Campinense chegou com perigo aos 31 minutos. Boa jogada de Adalgiso Pitbull pela esquerda, o atacante lançou para área e Reginaldo júnior furou de frente para o goleiro Fábio.

Aos 39 minutos o Campinense chegou ao empate. Boa subida de Danilo ao ataque, o volante lançou Adalgiso Pitbull que completou para o gol na saída do goleiro Fábio.  Empata o time paraibano.

 

Segundo tempo

A Raposa iniciou o segundo tempo em busca da vantagem, o placar ate o instante desclassificaria o time. Logo aos dois minutos, boa arrancada de Henrique que foi derrubado na entrada da área. Na cobrança da falta Arrascaeta colocou no ângulo direito do goleiro Gledson, que pulou e nada pode fazer. 2 a 1 para o Cruzeiro.

Cinco minutos depois quase o terceiro gol celeste. Arrascaeta ganhou do zagueiro, avançou e na entrada da área serviu Willian. O atacante de frente para o gol chutou colocado e Gledson fez excelente defesa.

O Cruzeiro administrava o resultado, mas chegava com perigo a todo instante. E ao 29 minutos o time celeste ampliou o placar. Arrascaeta ganhou de cabeça no meio, Elber achou Willian sozinho na entrada da área e o atacante botou por baixo do goleiro Gledson, ampliando o placar para o esquadrão azul e branco. 3 a 1.

O Campinense chegou com perigo aos 41 minutos. Cobrança de escanteio e Fábio fez milagre na cabeçada do zagueiro Jairo, no rebote a zaga afastou, mas Adalgiso Pitbull ficou com o rebote e acertou um belo chute canhota, no canto esquerdo de Fábio. 3 a 2, diminui o time paraibano.

Fim de jogo no Mineirão e o Cruzeiro avançou para a segunda fase da competição nacional.

ï»CRUZEIRO 3 X 2 CAMPINENSE
Motivo: Jogo de volta da 1ª fase da Copa do Brasil
Data: 05/05/2016 (quinta-feira)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Público: 10.200 pagantes
Renda: R$ 171.587,50
Gols: Allano aos 17 e Adalgiso Pitbull aos 39 minutos do primeiro tempo; Arrascaeta aos três, William aos 29 e Adalgiso Pitbull aos 41 minutos do segundo tempo.
Cruzeiro: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Sánchez Miño; Lucas Romero, Henrique (Bruno Ramires), Arrascaeta (Pisano) e Elber; Allano (Rafael Silva) e Willian
Técnico: Delamore
Campinense: Gledson, Everaldo, Jairo (Joadson), Tiago Sala e Danilo; Magno, Filipe Ramon, Renatinho (Tiago Pedra) e Roger Gaúcho (Chapinha); Adalgiso Pitbull e Reginaldo Júnior
Técnico: Francisco Diá
Cartões amarelos: Henrique, Lucas Romero e Rafael Silva (Cruzeiro); Renatinho, Chapinha e Joadson (Campinense)

Site Oficial do Cruzeiro

Da redação Angel Drumond

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA