Em clima de festa, Botafogo-PB fica apenas no empate com o Boa...

Em clima de festa, Botafogo-PB fica apenas no empate com o Boa Esporte

553
0
COMPARTILHAR

Empurrado por mais de 16.500 torcedores, o Botafogo enfrentou o Boa no Almeidão na noite desta sexta-feira (30) no primeiro jogo das quartas de finais – fase que garante ao vencedor do confronto acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. No jogo mais importante do time na temporada, o Alvinegro da Estrela Vermelha jogou melhor, teve gol anulado por impedimento, teve um a menos no fim do segundo tempo, mas o placar da partida da partida permaneceu inalterado.

No primeiro tempo do jogo, o Belo teve mais volume de jogo, embora o equilíbrio tenha sido a tônica da maior parte dos 45 minutos iniciais. A pressão do time da casa foi mais evidente nos 20 primeiros minutos, quando, puxado pela torcida, o Bota exercia marcação pressão, acuando o Boa em seu campo de jogo, chegando com perigo pelas laterais. Depois disso, o jogo ficou mais igual, porém com uma leve superioridade do Alvinegro.

Apesar de ter jogado melhor, a chance de gol mais perigosa da primeira parte foi do time mineiro com Tchô aos 28 minutos. O meia arriscou de fora da área e a bola passou perto da trave direita de Michel Alves. No mais, nenhuma chance clara de gol por ambas as equipes.

belo-x-boa-1Na etapa final, o Belo voltou bem melhor que o Boa e conseguiu achar mais espaços. Logo aos 7 minutos, após troca de passes na área do time de Varginha, Marcinho atrasou para Pedro Castro que chutou da entrada da grande área, obrigando o goleiro Daniel Luís a fazer bela defesa. A bola ainda bateu na trave antes de sair em escanteio. Logo no minuto seguinte, em decorrência do escanteio, Marcinho teve a chance de fazer, mas cabeceou fraco e o goleiro do Boa pegou facilmente.

Aos 13 minutos, a torcida soltou o grito de gol com finalização certeira do atacante Carlinhos. Entretanto, o bandeirinha, com razão, invalidou a jogada pois Carlinhos estava impedido.

Aos 27, outra chance para o Belo. Após bola sobrada na entrada da grande área, Pedro Castro, livre, chutou fraco para a defesa tranquila de Daniel Luis.

Dois minutos depois, o Boa teve um contra-ataque quase fulminante. O atacante Rodolfo recebeu passe, avançou no campo e chutou cruzado exigindo uma defesa complicada de Michel Alves, que espalmou para escanteio.

No decorrer da etapa final, apesar do volume de jogo bem maior do Botafogo, o Boa chegava com perigo nos contra-ataques e chutes de longe. Aos 37, Leonardo arriscou de muito longe, a bola pegou efeito e Michel teve que trabalhar para impedir o gol do time visitante.

A partir dos 39 minutos, o time da casa ficou com um a menos. O juiz viu cotovelada de Djavan em Fellipe Mateus e deu vermelho para o volante. Com garra, o Bota ainda conseguiu pressionar e abafar o Boa, mas o jogo terminou empatado.

Os times voltam a se enfrentar no próximo domingo (9), às 11h, no Estádio Municipal de Varginha. Uma vitória simples classifica o Boa, ao passo que, qualquer empate com gols dá a vaga na Série B para o time paraibano.

Da redação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA