Empresário impõe condição para assumir o Atlético de Cajazeiras

Empresário impõe condição para assumir o Atlético de Cajazeiras

247
0
COMPARTILHAR
Foto: Divulgação

Enquanto alguns clubes paraibanos já se preparam para o Campeonato Paraibano de 2019, na cidade de Cajazeiras o clima é de total indefinição quanto a participação do Atlético no certame estadual.

A família Lira que desde 2016 está a frente da equipe, depois de dois anos e não terem conseguido títulos nem tampouco participação em competições nacionais, até agora não sinalizaram nenhuma movimentação na continuação do comando do Trovão Azul do Sertão.

Arlan Rodrigues é o presidente do Conselho Deliberativo e após a derrota na eleição da Federação Paraibana de Futebol também demonstra profundo desgosto com os cajazeirenses: Moisés Barrozo e Nego Dias pelo fato dos dois não terem lhe apoiado.

O blog contatou com o empresário Tiko Miudezas sobre a possibilidade dele assumir o Atlético com a hipotética desistência da família Lira e ele foi enfático: ‘’Se tivermos ajuda, eu assumo. Mas sinceramente não acredito que ‘Os Liras’ deixarão o time’’, disse Tiko durante ligação telefônica.

Foi durante a presidência de Tiko Miudezas que o Atlético viveu tempos de glória e parte da torcida defende o seu retorno. ‘’Tiko Miudezas é um apaixonado pela cidade e tenho certeza de que no seu coração tem sangue azul e branco’’ disse Aldo Dias, torcedor atleticano na imprensa local.

O retorno de Tiko também depende do compromisso do prefeito José Aldemir com o clube. Segundo Tiko se a Prefeitura garantir apoio, assim como a Prefeitura de Sousa, ele assume o clube e começa a montar a equipe para o Campeonato de 2019.

‘’Se Zé Aldemir me garantir 05(cinco) parcelas de R$ 20 mil e os empresários me ajudaram, eu me comprometo com a torcida. Mas se for do jeito das outras vezes, eu não posso assumir essa responsabilidade sozinho. Vamos esperar se Zé(Aldemir) vai se comprometer’’, disse.

 

Redação PB AGORA

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA