Evaristo Piza continua no comando do Botafogo-PB

Evaristo Piza continua no comando do Botafogo-PB

129
0
COMPARTILHAR
 Em entrevista coletiva realizada na tarde desta quarta-feira (10), a direção do Botafogo-PB respondeu questionamentos dos jornalistas presentes acerca do momento – no mínimo – conturbado que o clube passa na Série C do Brasileirão. (esq.) e Elvinho (à dir.) | Foto: Lukas Santiago / RTC

Há três partidas sem vencer na competição e com uma série de mudanças, o time da Maravilha do Contorno despertou o sinal de alerta no torcedor.

Sérgio Meira, presidente do clube, encarregou-se da missão e prestou esclarecimentos. Destaque para a garantia de permanência do treinador Evaristo Piza – que ouviu vaias da torcida no confronto contra o Sampaio Corrêa, no Almeidão. Sérgio estava acompanhado pelos também dirigentes Orlando Soares, Frederich Diniz, Giusepe Scarano e José Marinho.

Sérgio Meis (primeiro plano) acompanhado da diretoria do Belo | Foto: Nádya Araújo

Evaristo está mantido e permanece no cargo”, disse Sérgio que completou o reciocínio afirmando o desejo de continuar com o treinador no ano que vem.

O presidente também respondeu sobre a saída de Alex Lima, então preparador de goleiros. Para o lugar, foi anunciado Vanderlei Belarmino (ex-Coritiba). Segundo Sérgio, a mudança ocorre após a relação estremecida entre o profissional e a diretoria.

Alex Lima, ex-preparador de goleiros
Vanderlei Belarmino, novo preparador

Xingamento de Saulo a jornalista

Sérgio declarou que Saulo é um “profissional que dá o sangue pelo time”. Desta forma, presidente descreveu a importância de se ter uma relação de “respeito tanto da imprensa, torcida para com o jogador, como vice-versa”.

Saulo, goleiro do Botafogo-PB | Foto: Paulo Cavalcanti

Ainda sobrou espaço para a Operação Cartola, cuja audiência de instrução e julgamento dos envolvimentos no processo acontece no Plenário do Fórum Criminal de João Pessoa. Breno Morais, ex-vice-presidente de futebol do Botafogo-PB é um dos alvos do suposto esquema de manipulação de resultados do Campeonato Paraibano. Para Sérgio, caso comprovada a inocência do então dirigente “ele será bem-vindo no retorno ao cargo”.

Por Cristiano Sacramento.

T5

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA