Hulk assume responsabilidade de marcar gols

Hulk assume responsabilidade de marcar gols

484
0
COMPARTILHAR
Hulk fala durante entrevista coletiva

Hulk fala durante entrevista coletiva

Apesar de a seleção brasileira ter sido derrotada para o Chile por 2 a 0 na estreia das Eliminatórias da Copa do Mundo, Hulk assumiu a responsabilidade pelos gols nas próximas partidas na competição.

“A cobrança é sempre grande em quem joga lá na frente. É nossa obrigação, até porque temos jogadores de qualidade que fazem a bola chegar. Sabemos o tamanho da cobrança e vamos procurar responder da melhor forma possível”, disse em entrevista coletiva neste domingo.

Para o duelo de terça-feira contra a Venezuela, o atacante do Zenit via ter uma torcida especial, já que sua família alugou um ônibus de João Pessoa-PB para assistir o jogo no Castelão.

“Não vai ser diferente. Estou muito longe, na Rússia, então sempre que há oportunidade, levo a família para perto. Com certeza eles estarão aqui, será uma torcida particular, mas também por toda a Seleção. Não tem como não trazê-los quando jogo no Nordeste, perto da minha casa. Não tenho noção de quantos virão, mas minha mãe já alugou um ônibus (risos)”, explicou.

Sobre jogar em casa após a Copa, Hulk destacou. “Não tivemos oportunidade de jogar em casa depois da Copa. A Seleção sempre é muito bem recebida em Fortaleza. Infelizmente, não iniciamos bem as Eliminatórias, tivemos alguns erros que nos custaram caro. Agora, teremos o calor da torcida que vai nos apoiar do início ao fim”.

Camisa nove

No Zenit também jogo como número 9, não vejo diferença. Se eu jogar como 9 na Seleção, há muitos jogadores de qualidade que fazem a bola chegar: Willian, Douglas Costa e Oscar

Bom futebol

Vamos melhorar a cada jogo e voltar a jogar um futebol alegre o mais rápido possível. Todos os jogadores aqui são destaques em seus times na Europa, não vejo porque não dar certo na Seleção. Vamos botar nosso melhor futebol em campo.

Raça de Dunga

Ele sempre cobra, até porque futebol é isso também. Sabemos que temos de ter vontade porque o adversário vai chegar forte. O professor cobra isso, tem que colocar o pé.

Ponta no Zenit

No Zenit também jogo como número 9, não vejo diferença. Se eu jogar como 9 na Seleção, há muitos jogadores de qualidade que fazem a bola chegar: Willian, Douglas Costa e Oscar, que jogaram no Chile, além de outros nomes. Procuro estar preparado, independentemente da posição em que eu jogar.

Marcação adiantada

Quando conseguimos marcar o adversário no campo deles, fica sempre mais fácil, ficamos mais próximos do gol quando roubamos a bola. É difícil contra alguns adversários, mas se for possível é melhor para nós.

Pressão

Tem que ser positiva. Teremos apoio da torcida e sabemos da nossa qualidade. Vamos entrar concentrados e tentar um gol rápido. Se não conseguirmos, teremos que manter a tranquilidade porque vai acontecer na hora certa. Vamos tentar tirar proveito do ambiente.

Fonte: Band.com,r

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA