João Pessoa vai sediar os Jogos Escolares da Juventude pela quinta vez

João Pessoa vai sediar os Jogos Escolares da Juventude pela quinta vez

474
0
COMPARTILHAR

A Sede da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, para atletas de 12 a 14 anos, será a cidade de João Pessoa. Os Jogos, marcados para o período entre 20 e 29 de setembro. A competição é a porta de entrada para a categoria estudantil do Bolsa Atleta, do governo federal.

Esta não será a primeira vez que João Pessoa receberá uma edição dos Jogos Escolares da Juventude. Em 2011, a capital paraibana foi palco da competição que reuniu atletas de 12 a 14 anos de todo o País. E em 2007, 2008 e 2014 foi sede dos Jogos para atletas de 15 a 17 anos.

“Além da experiência na realização dos Jogos e do apoio do governo do Estado, João Pessoa tem boas instalações esportivas e capacidade hoteleira, além de um importante Centro de Convenções que será utilizado como base das operações do Comitê Organizador dos Jogos”, explicou o diretor geral dos Jogos Escolares, Edgar Hubner, gerente-geral de infraestrutura e juventude do COB.

“Um evento desse porte movimenta a economia da cidade e promove o ambiente saudável do esporte para a população local, mesmo após os Jogos Olímpicos Rio 2016. Além disso, o COB acha importante levar esse tipo de competição para diferentes regiões do Brasil. O Nordeste sempre nos recebeu muito bem e fez edições memoráveis dos Jogos Escolares da Juventude. Estamos muito satisfeitos em voltar a João Pessoa para mais uma edição do evento”, completou Edgar.

Os Jogos Escolares da Juventude são o maior evento estudantil esportivo do Brasil. A competição de abrangência nacional reúne milhares de alunos-atletas de instituições de ensino públicas e privadas de todo o País. Atualmente, é tida como referência internacional. Consideradas as fases seletivas, os números chegam a mais de dois milhões de atletas e cerca de quatro mil cidades participantes.

Na edição de 12 a 14 anos, são disputadas competições de atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei. Além das competições, os jovens atletas têm à sua disposição uma ampla gama de eventos paralelos às competições. O programa socioeducativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o País aos valores olímpicos e ao exemplo positivo da prática esportiva.

Fonte: Portal Brasil, com informações do ministério do esportes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA