Paraibanos Nino Paraíba e Fábio Ferreira, jogam pela Ponte Preta-SP, vão enfrentar...

Paraibanos Nino Paraíba e Fábio Ferreira, jogam pela Ponte Preta-SP, vão enfrentar o Campinense pela Copa do Brasil

429
0
COMPARTILHAR
Foto: Foto: Ponte Press

O jogo de estreia da Ponte Preta, na noite dessa quarta-feira (8), contra o Campinense, em Campina Grande/PB marca o reencontro de dois atletas do elenco em terras paraibanas. O zagueiro Fábio Ferreira, nasceu na cidade do duelo de logo mais e o lateral-direito Nino Paraíba, é de Rio Tinto, município que fica há pouco mais de 41 km da capital João Pessoa.

Nino, que chegou a atuar por clubes do estado, mostra satisfação com o retorno à sua terra. “Joguei no Atlético de Cajazeiras, Sousa e Guarabira, que foi onde comecei. É muito bom voltar a jogar aqui contra o Campinense. Enfrentei eles em 2007, 2008 e 2009 e é muito bom estar na Paraíba de novo, defendendo agora a Ponte Preta”, afirma o lateral, que projeta dificuldades diante do Campinense.

“Sabemos que é muito difícil enfrentá-los aqui. Temos que ter muita atenção, pois é apenas uma partida e vamos trabalhar em busca do resultado positivo. Estamos começando a se entrosar. É apenas o segundo jogo e vamos procurar enfrentá-los da melhor forma”, reforça o atleta.

Já Fábio Ferreira não defendeu nenhuma agremiação paraibana, mas tem na família um passado no rival do Campinense. “Meu pai quando solteiro chegou a jogar no Treze, mas eu não tive essa oportunidade. Sabemos que será bem difícil, independentemente de ser rival ou não. Esperamos fazer um bom e sair com o resultado positivo, que é o nosso objetivo”, diz o zagueiro, que apesar de ponderar sobre a questão do ritmo de jogo, não diminui a responsabilidade da Macaca em campo.

“Nós começamos agora o campeonato estadual e eles já estão há mais tempo atuando. Então conta bastante. Mas dentro das quatro linhas, independente se eles já estão no décimo e nós no segundo jogo, o que importa é que vamos buscar imprimir nosso ritmo na partida e sair com um grande resultado”, destaca o zagueiro, que acrescenta.

“Temos que entrar com o objetivo de ganhar o jogo. Sabemos que temos a vantagem do empate, mas vamos entrar para ganhar, fazendo o nosso melhor e o que o Felipe nos pede nos treinamentos”, ressalta.

O defensor finaliza deixando uma mensagem para garotos do seu estado, que querem seguir na carreira de atleta profissional. “O recado que deixo é para não desistir. Se você tem um sonho, tem que correr atrás. Fácil não é, assim como em qualquer outra profissão. Muitos grandes jogadores saíram daqui e tenho certeza que muitos outros sairão”.

Matéria postada no site da Ponte Preta. Nino chegou a jogar nas categorias de base do Botafogo e depois profissional no Sousa. Fábio  se destacou jogando fora da Paraíba.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA