Técnico quer Atlético-PB perfeito para inverter vantagem do Botafogo-PB e Torcedor será...

Técnico quer Atlético-PB perfeito para inverter vantagem do Botafogo-PB e Torcedor será 12ºjogador.

340
0
COMPARTILHAR
Foto: Ascom Atlético de Cajazeiras

A goleada por 4 a 1 sobre o Serrano no último domingo classificou o Atlético de Cajazeiras para as semifinais do Campeonato Paraibano de 2017. O time comandado por Cleibson Ferreira terminou a primeira fase na quarta colocação, e vai enfrentar o Botafogo-PB no mata-mata.

Como o Belo teve a melhor campanha da primeira fase, tem o benefício de jogar o segundo jogo em João Pessoa, além de se classificar em caso de empate ao término dos 180 minutos das semi.

O treinador do Trovão Azul disse que o grupo está ciente que terá de inverter a vantagem, e que por isso vai para cima nessa primeira partida da decisão.

– A semifinal é um outro campeonato, com vantagens de dois resultados iguais para os primeiros colocados. É um campeonato que uma soma de dois jogos define quem passa, e como vamos jogar em casa primeiro, diante do nosso torcedor, vamos tentar reverter a vantagem com uma vitória, para que em João Pessoa a situação se inverta – disse.

Cleibson Ferreira garantiu saber da qualidade técnica do adversário, e fez questão de elogiar o Belo antes do confronto entre as duas equipes.

– O Botafogo-PB não foi líder por acaso. Tem uma das melhores equipes da competição, grande elenco, jogadores de qualidade, tem o artilheiro da competição. Todo cuidado será pouco. É o típico do jogo que temos que ser perfeitos. Um erro pode ser fatal. E nas oportunidades que tivermos, o nível de eficiência tem que ser o melhor possível . Temos que ser uma equipe de um nível de excelência se quisermos chegar a final – alertou Cleibson, que terá a disposição para o duelo o atacante Gilsinho, que se recuperou de lesão.

A última participação do Trovão Azul em um semifinal decisivo de Paraibano foi em 2007, quando chegou a final e acabou derrotado pelo Nacional de Patos. O Atlético-PB, inclusive, sempre que foi semifinalista conseguiu avançar para a decisão (2002, 2003 e 2007).

Depois de muito tempo sem estar em uma fase tão avançada, o comandante atleticano crê na força da sua torcida, que deve lotar o Perpetão, para empurrar seus jogadores em busca de um resultado positivo para inverter a vantagem que o Botafogo-PB tem no confronto.

– A torcida em Cajazeiras sempre mostrou a sua força, imagine agora depois de 10 anos estar em uma semifinal. Serão nosso 12º jogador dentro de campo, e acredito que o caldeirão vai ferver. Infelizmente será em uma quarta-feira, porque este é o tipo de jogo que deveria ser em um domingo, mas mesmo assim o Perpetão deve fever, essa é a hora. Precisaremos do torcedor – concluiu.

 PB Online

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA