Tocha olímpica será carregada por 144 condutores em João Pessoa

Tocha olímpica será carregada por 144 condutores em João Pessoa

576
0
COMPARTILHAR
Créditos: Dayse Euzébio

A previsão de início do percurso é às 13h19, com saída na Casa da Pólvora, no Centro Histórico, onde de lá ela segue pelos principais pontos turísticos

Faltam apenas dois dias para a passagem da Tocha Olímpica Rio 2016 pela Capital paraibana. Em João Pessoa, o símbolo das olimpíadas será carregado por 144 condutores, entre atletas, idosos, guardas municipais, agentes de limpeza e pessoas de diversas áreas, durante o trajeto de 29 km. A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) está dando total apoio logístico para a realização do evento, com a participação de várias secretarias governamentais.

De acordo com o cronograma do evento, a previsão de início do percurso é às 13h19, com saída na Casa da Pólvora, no Centro Histórico, onde de lá ela segue pelos principais pontos turísticos da cidade. O encerramento está previsto para acontecer às 20h, no Busto de Tamandaré, com apresentação da banda “Os Gonzagas” e de grupos e artistas da nossa cidade, objetivando a valorização da cultura local.

De acordo com o major Alecsandro Medeiros Araújo, chefe da Assessoria Militar da PMJP e interlocutor da organização do Tour da Tocha Olímpica pelo Brasil, este é um dos momentos mais marcantes na história esportiva da Capital. “A passagem da Tocha Olímpica leva João Pessoa para o cenário não só nacional como internacional. Para nós, é uma honra poder receber a chama olímpica e mostrar principalmente nossa cultura, nosso povo e nossos pontos turísticos. Sem sombra de dúvidas, é um dos momentos mais importantes da história do esporte em nossa cidade”, avaliou.

“Estou sentindo uma emoção muito grande em carregar a chama olímpica, a chama da esperança, da lealdade. São esses sentimentos que estão sendo representando para o nosso país. É muito importante para a vida de um atleta paraolímpico ter a chance de carregar a tocha e ter sido um dos contemplados com essa oportunidade é uma felicidade imensa”, declarou o paratleta da seleção paraibana juvenil de Goalball, Renan Bezerra. Ele está representando o Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha (ICPAC).

Outro atleta paraibano que irá conduzir a Tocha Olímpica é o ex-jogador de futebol do Botafogo, Magno Cerqueira. “Poder representar sua cidade e estar entre os 12 mil condutores do país é muito gratificante, pois estarei conduzindo o maior símbolo de esporte. Esse é o fruto de uma semente que foi plantada lá atrás com foco em fazer o bem, olhando para as pessoas com amor e enxergando um futuro melhor”, disse emocionado. Atualmente, ele desenvolve um trabalho em parceria com a Prefeitura de João Pessoa que atende 420 meninos e meninas, estudantes da rede pública de ensino, que enxergam no esporte a chance de mudar de vida.

O início do revezamento será na Casa da Pólvora (Centro Histórico), passando pelo Mosteiro de São Francisco, Catedral de Nossa Senhora das Neves, Praça Pedro Américo, Paço Municipal, Pavilhão do Chá, Parque Solon de Lucena (Lagoa), Praça da Independência, Avenida Epitácio Pessoa, Avenida Cabo Branco, Farol do Cabo Branco, bairros de Manaíra e Bessa, com término no Busto do Almirante Tamandaré, em Tambaú.

História – A Tocha Olímpica, com seu significado ancestral, foi reintroduzida nos Jogos Olímpicos de 1928 e faz parte das Olimpíadas Modernas desde então. O percurso da Tocha foi introduzido nos Jogos Olímpicos de Berlim no ano de 1936.

Atualmente, a Tocha é acesa em Olímpia, na Grécia, meses antes do início dos jogos. Este fogo percorre as principais cidades do país que vai sediar o próximo evento esportivo. Em 2016, as Olimpíadas serão realizadas no Rio de Janeiro e no Brasil a Tocha Olímpica irá passar por 335 municípios nas mãos de 12 mil pessoas.

WSCOM Online com Assessoria

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA